GoogleAds ou Google Adwords?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Google Ads, Adwords, adsense e por aí vai... parece coisa de outro mundo, mas calma que nós vamos explicar tudo isso para você. você com certeza já deve ter feito alguma propaganda para o seu negócio. Afinal “quem não é visto, não é lembrado”, correto?
google\Ads-google-adwords

Ads, Adwords, Google Ads…? Afinal que negócio é esse e porque você deve se preocupar com isso.

Google Adwords: Ainda tem muita gente que não tem um site do seu negócio. Outros estão começando a pensar em criar seu site e estão pesquisando sobre sites e empresas especializadas em criação de sites para fazer um para o seu negócio e tem dúvidas sobre google adwords ou gogleads.

Acontece que essas pessoas ao pesquisarem sobre sites, se deparam com um mar de novas palavras.

Google Ads, Adwords, adsense e por aí vai… parece coisa de outro mundo, mas calma que nós vamos explicar tudo isso para você.

Então vamos lá…

você com certeza já deve ter feito alguma propaganda para o seu negócio. Afinal “quem não é visto, não é lembrado”, correto?

Existem várias formas de publicidade. As grandes empresas gastam rios de dinheiro em campanhas criativas e gastam mais ainda com horários nobres nas redes de televisão.

Outras compram espaço atrás dos ônibus, outdoors, rádios e em algumas cidades pequenas tem o famoso “carro de som” que sai nas ruas com um alto falante fazendo propaganda.

Na internet tem quase tudo isso, mas é um pouco diferente. Se na rua você vê um Outdoor, na internet ao acessar um site, seja ele sobre notícias, fofoca ou até mesmo um site de compras na internet, com certeza terá alguém anunciando algum produto ou serviço.

E é aí que entra o Google AdSense. É assim: imagine que você quer anunciar num Outdoor bem localizado na sua cidade. Provavelmente esse Outdoor tem um dono, seja o dono do terreno ou alguma empresa que administra vários Outdoors.

Na internet alguém tinha que gerenciar os anúncios correto? Temos aí o Google Adsense que é a ferramenta de gestão de “propaganda”, falando de forma bem simplista.

Todos os dias bilhões de pessoas fazem bilhões de pesquisa no Google. E cada palavra buscada, digamos “cabeçote de cb 300”, fica registrada na base de dados do Google.

Com essa informação o Google possibilita a otimização das propagandas. De que adiantaria uma empresa de fertilizantes fazer propaganda de seus produtos em um shopping center? Não teria muitos resultados, correto?

Então com isso as campanhas publicitárias são mais otimizadas com o Google AdSense. Você usa o que chamamos de palavras-chave.

Você também vai ouvir muito falar sobre “ads” que é um termo em inglês para “advertisement”, que em bom português significa propaganda.

Então se alguém te falar sobre Google Ads ou Adsense, você já sabe que essa pessoa tem em mente “publicidade online”.

É possível saber quantas pessoas pesquisaram sobre “cabeçote de cb 300” e suas variações, “cabeçote PARA cb 300, “cabeçote cb 300” (sem o “de”) e por ai vai.

Então você pode “comprar” essas palavras…

É como se você pudesse falar pro Google “Google, sempre que alguém pesquisar por ‘cabeçote de 300 cb’ eu quero que você mostre meu anúncio”, ou seja, que o Google mostre para essa pessoa que você vende essa peça ou que você tem uma loja especializada em peças de moto.

E o que eu ganho com isso?

google-ads-google-adwords-seo-marketing-digital-web-one

Agora que você explicamos um pouco mais sobre isso para você, é preciso saber o motivo de se importar com isso.

Ter um site é só o primeiro passo. Muita gente ao perceber que precisa de ter um site corre pro vizinho, o sobrinho ou alguém que aprendeu ontem a fazer um site achando que isso vai fazer o negócio bombar.

Não vai. Ter o site é hoje uma obrigação e não mais um diferencial. Só em ter um site isso não significa que é garantia de que as pessoas vão te achar.

… achar? Sim! Se você quer atrair mais clientes, é preciso atrair aquelas pessoas que vão no Google buscar pelos ou produtos que você oferece.

Existe basicamente duas formas de ser “achado” no Google: a forma orgânicae a paga.

Quando falamos em pago, estamos falando sobre o Google Adsense ou o Ads (antigamente era chamado de Adwords… esqueci desse detalhe).

Ou seja, você paga para que o Google mostre seu site ou seus produtos para as pessoas que são clientes em potencial. Ou seja, tem dinheiro envolvido.

E a forma orgânica é ser achado nas buscas. É como se o cara que foi lá procurar por um “cabeçote para cb 300” encontrasse o seu site. Mas via de regra os primeiros espaços no resultado são para os que pagaram para o Google, os outros são sites.

vinicius

vinicius

Sobre mim

Com ferramentas  e uma equipe altamente qualificada elaboramos a estratégia CERTA para o seu negócio.

Posts Recentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter

Cadastre-se para receber os nosso conteúdos por e-mail